Corte a laser: precisão e acabamento impecável para suas peças.

Categoria: Sem categoria | Última atualização: 7 de junho de 2022

Corte a laser: precisão e acabamento impecável para suas peças.

Quando precisamos cortar peças que possuem várias curvas, pontos de inserção ou que exigem um acabamento impecável, o corte a laser é a melhor opção.

Já imaginou a complexidade de fabricar uma peça com formato curvo em uma serra?

Na pior das hipóteses, você gastaria bastante tempo fazendo diversos ajustes de ângulos e acabamentos até chegar ao formato desejado. Mas com o corte a laser esse processo pode ser feito de forma rápida e simples!

Essa tecnologia foi descoberta em 1965 e produzida pela Western Electric Engineering Research e combina o calor do raio focado com a mistura de gases para produzir energia.

Atualmente o corte a laser é usado para diversos segmentos do mercado e para cortar peças em metal, aço, madeira, acrílico e tecidos.

Nesse artigo você irá descobrir como funciona o corte a laser, quais são as tecnologias empregadas nesse processos e os benefícios de usar essa tecnologia para cortar peças de metal.

 

COMO FUNCIONA O CORTE A LASER

 

Corte a Laser com Gás CO2

O corte da peça é feito através de feixes de luz focalizados e altamente concentrados em um ponto, formando uma espécie de lâmina que atravessa o material e realiza o corte. O feixe de luz concentrado tem cerca de 0,5 mm de diâmetro, o que dá ao corte mais precisão e o alto nível de acabamento.

Para gerar o laser uma porção de dióxido de carbono (CO2) misturada com nitrogênio e gás hélio é inserida em uma câmara. Dois eletrodos ligados a uma fonte de alta tensão criam um campo elétrico que aumenta a energia do gás dentro da câmara.

A energia gerada pelos átomos de CO2 é liberada em forma de luz que é guiada e ampliada por espelhos até o cabeçote da máquina. Dentro do cabeçote, uma lente de focalização concentra essa luz em um único foco, formando assim, o laser.

Corte a Laser de Fibra Ótica

O Corte a Laser por Fibra é um procedimento mais limpo e mais econômico se comparado ao corte com laser de CO2 ,  pois dispensa o uso do dióxido de carbono.

O feixe de luz gerado pelo laser de CO2 dispersa muito calor, sendo necessário sistemas de arrefecimento e constante manutenção nos equipamentos de refrigeração e nas lentes que conduzem o feixe de luz da câmera até o cabeçote.

Já no laser por fibra o CO2 é substituído por um tubo de fibra feito de sílica por onde o feixe de luz irá passar formando o laser de fibra óptica.

Alguns elementos da terra rara são adicionados a fibra de sílica para que ela seja “dopada”. Quando os fótons de luz são emitidos eles ficam presos dentro do núcleo de fibra dopada.

A dopagem é um processo químico onde átomo “estranhos” são adicionados na estrutura cristalina de uma substância.

Esse processo aumenta a capacidade de condução elétrica do material. Quanto maior a capacidade de condução elétrica, maior a capacidade de armazenar e conduzir energia esse material possui.

O Laser de fibra possui um percentual de eficiência de 30%, enquanto o laser de CO2 possui apenas 8% de eficiência.

 

QUAIS SÃO AS TECNOLOGIAS E EQUIPAMENTOS USADOS

 

Os equipamentos de corte a laser são máquinas CNC onde é possível controlar a deslocação do cabeçote nos eixos X e Y através de comandos enviados por computador. As coordenadas de corte são enviadas para a máquina através de um sistema CAD (Computer Aided Design).

O uso de máquinas CNC permite mais liberdade para cortar peças que possuam curvas oblíquas e com diversos ângulos.

 Normalmente esse corte é feito em chapas que são colocadas sobre uma estrutura conhecida como “cama de pregos”. 

Essa estrutura é formada por diversos sulcos para que a energia excedente do laser possa se dissipar depois de transpassar a peça.

 

ONDE SE APLICA

 

O corte a laser proporciona liberdade de contorno, pequena largura de corte, mínima distorção da região do corte e arestas de alta qualidade. 

Como a área de foco do laser é uma área pequena, o corte é realizado sem que o restante da chapa ou da peça receba influência térmica. É um sistema que é fácil de se automatizar e dispensa a troca da “ferramenta de corte”. 

Ele também é um sistema que aumenta a eficiência de produção, pois quando ocorre a troca do material a ser cortado, é necessário fazer apenas alguns ajustes na intensidade do laser.

Podemos usar esse processo para cortar peças que apresentam formas geométricas complexas e quando o acabamento na região do corte exige uma superfície livre de rebarbas.

Uma das principais vantagens é que o corte a laser dispensa os processos de tratamento, como lixar e rebarbar, após o corte da peça. Ele é recomendado para o corte de chapas de aço não ligados, aço inoxidável, alumínio, cobre titânio e as ligas desses materiais.

Contudo, cada tipo de material reage de forma diferente com a energia gerada pelo laser de CO2, portanto é recomendado estudar o comportamento do material a ser cortado antes de iniciar o processo de corte.

 

CONCLUSÃO

 

com o corte a laser é possível obter recortes de diversos formatos e tamanhos de forma rápida e precisa. 

A Vacechi possui os equipamentos mais modernos de corte a laser em fibra e com capacidade de cortar chapas de metal com até 12,7 mm de espessura.

Mande o seu projeto para nós e tenha a precisão do corte a laser com qualidade de serviço que só a Vacechi oferece.

Clique no botão abaixo e solicite seu orçamento

 

Orçamento para corte a laser